segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Last Olympic Post

Esta certo que o Claudio tem todo o direito de reclamar do apoio do Bananao a seus atletas. Realmente nao damos a menor bola para o esporte, e, sinceramente, estou torcendo desesperadamente para que o Brasil nao se qualifique para a Copa do Mundo.

De qualquer forma, ha casos piores, como o do corredor marroquino Rashid Ramzi. Isso nao foi noticiado na grande midia, a razao pela qual Ramzi ganhou a medalha de ouro pelo Bahrain e nao pelo seu pais de origem, o Marrocos.

O underline eh meu, mas tirei a noticia daqui. Ja sabia de parte dela pelo meu amigo marroquino.

"Moroccan-born Rashid Ramzi , who was kicked out from the Moroccan national team after he got injured, shot two birds with one stone. He thanked Bahrain, the nation that took care of his medical charges and offered him a job at the Defense Ministry, and paid back the Moroccan track & field officials who had kicked him out of the team and stopped paying him his salary of $50 a month."

Fala serio, $50 por mes? Aquele reizinho nojento do Marrocos poderia pagar mais, nao? Ele eh praticamente o dono do pais. Achei a melhor estoria de todos os tempos das Olimpiadas, e eu se fosse o Ramzi faria questao de levar duas bandeirinhas comigo ao podio: a marroquina e a do Bahrain. Apos ganhar a medalha, e na frente de todas as cameras, amassaria a bandeirinha marroquina, joga-la-ia no chao e ainda pisaria em cima dela. Depois, daria um grande beijo na bandeirinha do Bahrain, agita-la-ia ao vento com um sorrisao de felicidade na cara.

Ha limite para o amor a patria. Principalmente se a tal da patria te trata como cachorro sarnento. Por mim, nem isso precisa: a minha patria sou eu mesma. So devo lealdade a mim propria, e a mais ninguem.

4 comentários:

Edward Ott disse...

oh well olympics are over, onward to london

Cláudio disse...

50 merréis é brincadeira. Ganhou do judoca brasileiro longe!

Não mesmo situação ruim que não possa piorar....

João Batista disse...

Credo! Se ele pedisse $50 para mim até eu sustentava o coitado.

PATRICIA M. disse...

Joao, eu tb dava a grana... Desde que ele citasse meu nome como sua mecenas, hehe.