quarta-feira, 30 de abril de 2008

E Aí Meu Rei?

Aha, isso pelo menos foi dito por um baiano. Porque se fosse dito por gente do Sul-Sudeste, seria mais ainda um Deus-nos-acuda. Mas foi um dos próprios baianinhos que disse isso, vejam só:

Da AE - "O coordenador do Colegiado de Graduação da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Natalino Dantas, atribui o mau resultado da faculdade no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e no Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) à baixa inteligência dos estudantes. "Deve haver uma inferioridade do alunado baiano com relação ao de outros lugares", afirma. "Talvez o baiano tenha déficits com relação a outras populações. Afinal, a prova foi a mesma em todo o País."

Dantas, que é baiano, citou que tal inferioridade de inteligência justificaria, entre outras coisas, o baixo desenvolvimento sócio-econômico do Estado, "apesar das grandes riquezas naturais", a popularidade do berimbau, "o típico instrumento de quem tem poucos neurônios", e a música de grupos tradicionais, como o Olodum, que ele qualificou como "barulho"."

Eu concordo plenamente com o homem. O Olodum não faz música porcaria nenhuma, ou vai me dizer que tocar tambor é fazer arte. Não saiu nenhum Villa-Lobos daquela terra, só produzem porcariada em termos artísticos. E eu morri de rir do berimbau... Pior que baiano, é turista burro que compra aquela coisa e leva para casa.

Baiano não quer nada com nada. Se quisesse, já teria se mandado para Sampa. Pfff...

13 comentários:

Frodo Balseiro disse...

Patrícia, achei muito engraçado.
Principalmente a parte em que o rapaz fala do berimbáu como 'instrumento musical' de gente que tem poucos neurõnios!
Imagine se fosse um cidadão do sul/sudeste do Bananão que tivesse dito isso...

PATRICIA M. disse...

Ihhh, haha, tem baiano irritadinho com o post, uhhh que meda.

Vai tocar berimbau e bater bumbo, mane.

Falar que Jorge Amado e sua literatura de bordel eh expoente da literatura brasileira eh demais. E esqueci o que mais o baianinho citou no seu comentario chulo... Sera que foi alguma penca de cantores para la de ruins da porcaria da nossa MPB? Uhhh sai pra la, coisa ruim.

PATRICIA M. disse...

E olha, vou dizer com todas as letras: BOM MESMO EH SAO PAULO, e tenho dito.

Sou paulista adotada. Aos paulistas tudo, ao resto as migalhas que sobrarem.

O PIB da CIDADE DE SAO PAULO eh maior que qualquer estado da federacao. Depois vem o estado de Sao Paulo, e depois vem o Rio (so por causa de royalties do petroleo, porque todo mundo sabe que aquele estado eh decadente) e depois vem o meu estado natal.

Baiano, o PIB da Petrobras e da Vale vem na frente do seu estado mixuruca, hahahahahaha. Que lastima, so lamento por vcs. Continuem tocando berimbau e atraindo turista que compre berimbau para levar como lembranca dos selvagens "tribalistas", HAHAHA.

Ou, se vc quer mudar de vida, mude para Sampa. Mas tem que trabalhar, viu?

Lelec disse...

Até tu, chère Patrícia?

Uma pessoa que já viveu em tantos lugares bacanas, conviveu com gente tão diferente, acredita em idéias enlatadas assim, do tipo "baianos não gostam de trabalhar?"

Vá lá nos canaviais e veja o quantos trabalham os bóias-frias, de sol a sol, sem salário digno, sem amparo social algum. Trabalham muito, mas muito mais mesmo, do que eu e você.

Ou os usineiros que trabalham no pólo Petroquímico de Camaçari. Trabalham tanto ou mais que qualquer paulistano.

E, se não fosse a Ford da Bahia, a Ford estaria em apuros no Brasil.

E a Bahia nos deu, sim, boas coisas na cultura. João Gilberto, o co-criador da bossa nova, venerado no mundo inteiro, é baiano. Assim como Gláuber Rocha. Sem falar na música de outros excelentes compositores que, sei, você despreza figadalmente.

E sem essa de que uma cidade é melhor do que a outra só porque o PIB é maior, né?. Sampa tem o PIB maior que, sei lá, Dublin, na Irlanda. Em qual delas você preferiria viver? Eu tenho minha resposta.

O que explica o quadro sócio-econômico de um lugar não é unicamente o povo em si. É a sucessão de fatos históricos dolugar. Que, no caso do Brasil, terminou por centralizar riquezas no "Sul maravilha".

Felizmente, nem todo paulista é umbilical assim. Dou um exemplo da minha área. Veja o brilhante Miguel Nicolelis, formado na USP, estupendo neurocientista brasileiro, professor da Duke University, dos EUA. Com o apoio de várias instituições internacionais de peso, ele fundou um ambicioso e moderno instituto de neurociências em Natal. Já produz ciência de qualidade, em pleno nordeste brasileiro. Uma prova eloqüente de que o Nordeste pode, sim, ser palco de empreendimentos de alta tecnologia e de vanguarda científica. Já pensou se ele pensasse "tudo aos paulistas, as migalhas pro resto"?

Em 2007, a melhor escola de ensino médio do Brasil foi sabe onde? Em Teresina, no Piauí.

Sabe onde fica um dos maiores centros de pesquisa em medicina tropical do mundo? Em Manaus, no coração da floresta.

Se investissem na Faculdade de Medicina da UFBA, ela poderia ser tão boa quanto a USP. Dê uma olhada nessa lista de péssimas faculdades de medicina: tem uma em SP, outra no RJ, outra em MG, até no RS.

E Sampa, por sua vez, vale lembrar,também já nos deu um monte de porcaria (como Minas, Bahia e todos os outros): Maluf, Marta Suplicy, Celso Pitta...

Cada lugar do Brasil tem coisas boas e ruins. Isso vale para SP, MG, BA...

Ufa!

Kiss,

Lelec

PATRICIA M. disse...

Lelec, eu adoro uma polemica.

;-)

E se deixa os outros mortos de raiva, melhor ainda.

;-P

PATRICIA M. disse...

Lelec, agora a serio. Eu nao gosto de Glauber Rocha nem de Joao Gilberto, e nao dou bola para nenhum genero musical nascido e criado na Bahia, alias no Brasil. Cada um com seus gostos.

Agora, eu TO DE SACO CHEIO de enfiar dinheiro naquela industria da seca. Eu to de saco cheio de ver dinheiro precioso desviado para encher as burras de alguns poucos. Eu to de saco cheio de nordestino ser um povo sem educacao, burro, vota em quem da Bolsa-Esmola para eles. Eu to de saco cheio disso tudo. Quem elege Mulla no Brasil eh o Norte/Nordeste.

Eu te pergunto, por que aquele povo eh subdesenvolvido ha 500 anos? Por que ainda nao conseguiram evoluir como seus irmaos sulistas? Vai dizer que a culpa eh minha, os dos imperialiastas, ou dos portugueses, ou de quem? Eh culpa deles de eles serem tao ruins.

E la vai o Mulla jogando mais dinheiro a fundo perdido naquela regiao perdida...

Lelec disse...

Eu também adoro uma polêmica. Mas não se entusiasme, não estou morto de raiva.

Um pequeno esclarecimento: não é só o Nordeste que é subdesenvolvido. O Brasil é um país subdesenvolvido. Somos terceiro mundão, darling. Sampa, com seu PIB monstruoso, é terceiro mundo. É de primeiro mundo uma cidade que tem muita violência e que basta uma chuvinha para alagar? Que desenvolvimento, hein?

O Nordeste é mais pobre? Sim, sem dúvida. Mas o Brasil, inteiro, é subdesenvolvido, há 508 anos. Inclusive Sampa.

Você não tem obrigação de gostar de João Gilberto. Cada um tem seu gosto. Mas não entendi: você não gosta só porque ele é baiano? É isso mesmo?

Você pode até não gostar do que ele produziu. Não tem problema algum. O que não combinaria com sua inteligência seria dizer que a música que ele faz não tem qualidade, porque isso é incontestável.

Gláuber Rocha também tem sua qualidade. Vá ler entrevistas de cineastas franceses dos anos 70 e eles dirão o quanto a lente dele os influenciou. Gláuber não é o maior cineasta do mundo, mas tem qualidade sim, "mesmo sendo baiano".

Eu também estou de saco cheio da indústria da seca e do Bolsa-Esmola. Mas não é por isso que vamos separar o Brasil em dois. É um problema do Brasil.

Não vou cair na armadilha de dizer que a culpa das misérias do nordeste é do imperialismo, né? Sou doido, mas não sou burro. A pobreza do Nordeste existe antes mesmo do imperialismo (o qual é típico da segunda metade do século XIX e da primeira metade do século XX). A causa da pobreza do Nordeste está na sua história, na sua sociedade patriarcal, no coronelismo que perpetua ali.

Quanto a você achar que nordestino é burro, isso é preconceito barato, da pior espécie. Castro Alves era burro? João Gilberto é burro? Elcimar Coutinho é burro? Graciliano Ramos era burro? Deolindo Couto era burro?

Perto de mim há alguns exemplos que desmentem flagrantemente essa idéia boboca. No hospital em que trabalho, há 4 nordestinos (3 de Recife e 1 de Fortaleza). E os franceses estão satisfeitíssimos com eles. Por que será? Será por causa da burrice deles?

Será que paulistas e sulistas não elegem porcarias também? E os mineiros com Newton Cardoso? E os cariocas com Garotinho, Brizola e tudo mais? E os paulistas com Quércia, Marta Suplicy e Celso Pitta? E os gaúchos (os mais europeus do Brasil, com um bocado de germânicos) com Olívio Dutra? Onde nasceu o PT e a CUT?

Já sei, já sei, você vai dizer que quem elegeu a petralhada em Sampa foram os imigrantes nordestinos. Como se paulistanos fossem todos inteligentíssimos, cultivadíssimos...

Sampa é a síntese do que o Brasil tem de bom e de ruim, de mágico e de catástrofe.

Kiss,

Lelec

Lelec disse...

E você não comentou: há também faculdades sulistas entre as piores de medicina do Brasil. Não é só a UFBA, não.

Veja só:

Metropolitana de Santos - Santos (SP)
Luterana do Brasil - Canoas (RS)
Universidade de Ribeirão Preto - Ribeirão Preto (SP)
Univ. de Marília - Marília (SP)

Por que será? Será que lá também os alunos são todos baianos e nordestinos?

Kiss,

Lelec

PATRICIA M. disse...

Lelec, Sampa não alaga mais, não do jeito que alagava. Esse problema ja foi resolvido pelo PSDB. Violencia por violencia, há cidades do Nordeste mais violentas que Sao Paulo, se for considerar o crime per capita.

Alias, essas faculdades ai que voce citou, nao ha nenhuma federal no meio, ne? Nem estadual de Sao Paulo. Muito me espanta a UFBA (se boebar, a unica faculdade boa do estado) ser essa porcaria.

Nao, eu nao acho que baiano eh burro. Tava tirando onda. Mas que acho o Nordeste uma merda, isso acho. Com M maiusculo ainda.

Lelec disse...

Chère Patrícia,

Lógica simples: o fato de existirem cidades mais violentas que Sampa a torna menos violenta? Anula todos os mortos e assaltados que ocorrem lá? Anula o PCC?

Sampa não alaga mais? Por quê então se diz que a cidade fui fundada em 1554 e afundada na última chuva? Por que todo janeiro a cidade naufraga?

Ainda bem que você se corrigiu, dizendo que baiano não é burro.

Se sua questão com o Nordeste é apenas que você não gosta dele, aí tudo bem, não temos o que discutir. Eu também não gosto de um monte de lugares no mundo. Acho que o pior é São Gonçalo (RJ), que é uma M muito grande. Mas é só isso: uma opinião, um gosto pessoal. Não fico arrumando explicações pseudo-históricas e pseudo-sociológicas para justificar meus gostos.

A propósito: eu adoro Sampa. Tenho amigos lá e, cada vez que lá vou, adoro pra valer. Não sou baiano, nasci em Niterói (RJ) e fui para BH com 1 ano e lá fiquei até sair do Brasil.

Kiss,

Lelec

PATRICIA M. disse...

Lelec, eu ja peguei enchente em Sampa e sei o que eh isso. Nao ha mais como havia, ha poucos pontos de alagamento agora. Voce esta sendo injusto com as ultimas administracoes que realmente acabaram com as enchentes de Sao Paulo. Porque uma outra favela na ribanceira cai ou alaga, isso nao pode ser considerado "enchente" em Sao Paulo. Nao ha mais o rio transbordando nas marginais como havia ha 8 anos atras.

Depois, eu nao arrumei explicacao nenhuma para meus gostos. Eu so publiquei o comentario do baiano a respeito do seu proprio povo. Nao se pode mais nem achar graca? Vc esta muito PC pro meu gosto... Ah, piadinha de baiano nao pode agora.

Eu realmente acho o Nordeste o maior sumidouro de recursos publicos do Brasil. Eu realmente acho aquela terra uma desgraceira so. Se voce quiser me explicar porque o nordestino eh assim, se nao for por razoes pseudo-historicas (ate hoje nao estao livres do jugo coronelista, como voce mesmo ja escreveu), entao arrume outras razoes para explicar o atraso nordestino. So nao venha me dizer que eh por causa de recursos, isso há de sobra.

Temos mesmo excelentes representantes da regiao, sao os piores politicos que ja tivemos em 500 e cacetadas anos de Historia. Vide Mulla e cia ltda, os mais recentes. Vamos parar por aqui, porque senao a lista fica imensa. A maior parte dos corruptos do Congresso eh nordestina.

Alias, voltando a vaca fria da FEDERAL da Bahia, curso de Medicina: é ruim porque falta competencia para administra-lo. Nao eh porque faltam recursos. Agora que o caso veio à tona, já dizem que não há locais adequados para o treinamento prático, que o número de alunos é muito alto para as instalações (e que foi pedido a redução mas ninguém fez nada - painho Mulla quer aumentar o número de formandos a todo custo, não?), etc etc etc. In 3 words: falta de vontade, incompetencia e corrupcap. Um cenario muito comum no Nordeste - mais comum que no Sul/Sudeste. É so pegar os numeros de escandalos politicos.

Lelec disse...

Olá chère Patrícia,

Lá vamos nós...

Não estou sendo PC, não. Não discuto piadas, discuto a opinião que está por trás da piada.

Não é só porque é baiana a pessoa que latiu a frase, que a mesma é válida.

Então, se eu disser que a maioria dos brasileiros é muçulmana, teriam que me acreditar só porque sou brasileiro?

O fato do cara ser baiano não o exime de falar besteiras do seu próprio povo.

E lembre-se: não foi apenas o comentário infeliz do dirigente que você publicou. Você escreveu a sua opinião também: que o baiano que gosta de trabalhar está em SP, etc e etc.

É sobre essa opinião que nós estamos argumentando.

Acredito que as enchentes melhoraram em SP. Nunca morei em SP, e você já, por isso você tem mais elementos do que eu para julgar. E eu acredito em você. Mas que ainda tem enchente, isso tem e atrapalham muito a vida na cidade (informação que leio nos jornais a cada verão).

Você está sendo tendenciosa: já saiu muito político ruim do sudeste também. E FHC teve votação recorde no nordeste nas duas vezes em que ele foi eleito no primeiro turno. No rastro do plano Real, ele esmagou Lula por lá.

E Lula, vale lembrar, tem votação recorde no ABC paulista, berço do PT.

E não venha falar que não falta dinheiro nordeste. Claro que falta. Falta dinheiro em investimento em infra-estrutura, não em bolsa esmola. O dinheiro some em redes assistencialistas e em corrupção do nordeste. Isso decorre da fragilidade de instituições civis e do patriarcalismo que ainda é moeda de troca por ali (isso não é explicação pseudo-histórica, é fato) e da presença tímida da iniciativa privada por lá. Quando a iniciativa privada investe, dá certo. Veja a Ford da Bahia. Veja a Vale no Pará. Veja os resorts do litoral nordestino, que criam pólos de emprego para muita gente: restaurantes, comércio, funcionários do turismo. Você vai ver como o Beckham vai ganhar grana com o hotel dele no RN.

(Aliás, no Brasil, só dá certo quando o capital é privado, pois aí não tem corrupção. E, no sudeste, tem muito mais capital privado do que no nordeste. Por isso, defendo as privatizações, da Petrobrás à Caixa Econômica).

Quanto ao curso da UFBA,concordo inteiramente com você: falta competência para administrá-lo. Você tem toda razão. Isso é culpa da corja que o dirige, não é culpa de todo o povo baiano.

Olha, não vamos enumerar os escândalos políticos no Brasil porque gastaríamos todos os bytes da net e não inventariaríamos todos. Há muitos, em todos os lugares, não só no nordeste: precatórios, obras superfaturadas do Maluf, a máfia do lixo do PT de Ribeirão Preto, os vestidos de Lu Alckmin, ufa, melhor parar, já deu enjôo.

Kiss,

Lelec

Lelec disse...

Oi Patrícia,

Apenas para esclarecer.


O Instituto Dom Barreto, de Teresina, foi a escola melhor classificada no ENEM 2007 (com dados de 2006).

Na lista divulgada há poucas semanas (ENEM 2008, com dados de 2007), a mesma escola caiu para a 11a posição entre todas as escolas do país.

Assim, não houve erro algum na informação que citei.

Uma reportagem que menciona isso está aqui:


http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL387313-5604,00.html


Kiss,

Lelec