domingo, 13 de abril de 2008

Sabedoria

"Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado." (Mateus, 6, 34)

Ah se eu tivesse seguido essa recomendação antes, como teria sido mais feliz. Por que se preocupar à toa, por que consumir o tempo precioso com conjecturas inúteis. O que tiver de ser, será. Mais vale a pena uma reação rápida e sábia aos estímulos do ambiente, trabalhando com dados concretos, do que se amargurar e sofrer pelo incerto.

Mas, pior do que olhar apenas para o futuro, é olhar apenas para o passado. Lamentar o passado é pura perda de tempo. "E se's " não existem. Por isso cada decisão tomada nas forquilhas da estrada deve ser bem pensada e pesada; pois, se assim for, não há porque se arrepender no futuro. Fizemos o que deveria ter sido feito no momento, e sigamos adiante.

3 comentários:

Suzy disse...

Patrícia, gostei do post filosófico e te espero lá no blog para receber seu prêmio.
Bjs

Fernando Sampaio disse...

Sábias palavras, e como diz a outra, se não podemos mudar o começo, podemos sempre mudar o final...
Abraço
Fernando

Daniel F. Silva disse...

Sempre digo: "se" é pronome atrapalhativo.