segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Eu Disse, Eu Disse!

Eu disse que brasileiro é burro e ignorante, eu disse!

Só quero comentar esse trechinho do Tamborim Bigodudo:

"Nós temos uma resolução do Conselho de Segurança, que deve ser cumprida e pressupõe várias coisas. Ela pressupõe que um cessar-fogo, a retirada de tropas israelenses de Gaza. Ela pressupõe a abertura de passagens, não só humanitárias, mas para a vida normal do povo de Gaza. E ao mesmo tempo, do lado de Israel, controles adequados, para que não haja contrabando de armas e outros aspectos", disse Amorim.

Oh bosta, por que você acha que Israel se recusou a cumprir essa tal resolução imbecil do Conselho de Segurança? Por que o recuo tem que ser só do lado israelense? O que garante aí que parem as hostilidades do Hamas - atirando mais de 50 foguetes por dia em civis? Heim, burro?

O pior de tudo eh que o bestão confunde tudo: ele diz que os controles adequados tem de estar do lado de Israel! Oh seu grande merda, os túneis são cavados na fronteira com o Egito e são as autoridades egípcias que fazem ouvidos moucos e tapam os olhos ao contrabando de armas na fronteira! Como é burro o sujeito!

Tamborim, DUH!

3 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Quem é o Tamborim Bigodudo. Parece um tipo inacreditavelmente limitado. Mas admito que estivesse só a gozar.
Mais burro do que ele, só os eurocrentes: ameaçaram a Rússia que, ou ela se portava bem ou e fornecia gás natural a toda gente, sem receber nada em troca, ou eles os eurocrentes iam dizer muito alto que a Rússia não era democrata. O Kremlin tremeu de medo com a ameaça. Tanto como os israelitas, quando a Europa exigiu que retirassem da faixa de Gaza.

patricia m. disse...

O Amorim eh o ilustrissimo sapientissimo doutorzissimo Ministro das Relacoes Exteriores do Brasil.

Ta aqui oh proce conhecer a figurinha:

http://en.wikipedia.org/wiki/Celso_Amorim

So nao entendo (ainda!) porque o Amorim gosta de usar aquele bigode assim meio "leftist"...

João Batista disse...

Nem por acordo internacional o Brasil poderia ser levado a sério. O governo desse país é uma longa piada.