quinta-feira, 3 de julho de 2008

Subsídio Agrícola

Acho que o Mulla deveria colocar em ação o que fala e parar de subsidiar agricultor brasileiro. Quem sabe os africanos não saiam assim da miséria, não é essa a pregação evangélica dele?

Verdade seja dita eu como consumidora de produtos agrícolas gostaria que não houvesse subsídio nenhum aqui na Europa e que praticássemos a livre concorrência em todos os setores. Quem vençam os bons! Como isso é utopia, e não realidade, eu digo ao Mulla: por que não te calas, ó palhaço! Se tem telhado de vidro, não dá para jogar pedra no do vizinho...

Vai dizer que alguém aqui ainda em acredita em solução para a Rodada de Doha?

4 comentários:

Blogildo disse...

Doha a quem doher. Heheheh!

Fernando Sampaio disse...

O Mulla subsidia a agricultura familiar que nao rende nada pro país.
A agricultura que produz e exporta não recebe nada, pelo contrário. Enquanto a Europa subsidia produção e exportação, o Brasil só põe taxa.
É a ineficiência premiada.

PATRICIA M. disse...

Fernando, tu tem certeza? To perguntando numa boa, sera que agricultor profissional nao leva umas boquinhas do Banco do Brasil nao???

Cláudio disse...

Basta ouvir a "Voz do Brasil" para ver o quanto o governo põe de dinheiro na agricultura, seja cobrindo perda de safras, seja bancando o seguro, etc. Por um tempo eu fiquei sem CD player no carro e saía do trabalho por volta das 19:00. Quando entrava a "Voz do Brasil" eu deixava para ir ouvindo qualquer barulho que fosse. Todo dia era liberação de verba para isso, liberação para aquilo. Foi quando eu tive a certeza de que o Brasil não tem jeito. :-D