sábado, 16 de dezembro de 2006

Perolas a Porcos

Em menos de 5 minutos na internet eu consigo reunir tanto besteirol falado por membros do atual governo, que eh impossivel nao publicar algumas perolas. Pessoas de bem, escutai o que os homens publicos desta grande nacao tem a vos dizer:

Lula em pronunciamento para oficiais-generais, no Clube do Exército:

1) "Agora, vou fazer discursos comparando o segundo mandato com o primeiro. Agora, a vidraça sou eu, de mim para eu mesmo. Jogarei as pedras, portanto, com mais cautela." - Vai jogar as pedras com mais cautela agora, porque esta provando do proprio veneno. Nao basta lembrarmos o quanto o PT foi incoerente em relacao as suas ideias "revolucionarias" quando chegou ao poder. Quando era oposicao, sempre foi inconsequente; agora quer pedir seriedade a oposicao. Tipico do "faca o que eu falo mas nao faca o que eu faco".

2) ... afirmou que a prioridade de seu segundo mandato será a busca do crescimento econômico. "Eu não estou disposto a passar mais quatro anos discutindo miséria, pois, em casa onde não tem pão, todo mundo briga e ninguém tem razão. Quero discutir crescimento. Se não crescer, a gente não vai a lugar algum. Há 26 anos, a economia brasileira não cresce." - Em primeiro lugar, a prioridade do mandato anterior deveria ter sido crescimento economico. O pior de tudo eh que ele afirma com todas as letras que NAO foi. Ficou discutindo miseria, Fome Zero e Bolsa-Esmola para se reeleger, e so agora se da conta de que sem crescimento ninguem prospera. Haha, hilario. Ah, de onde ele tirou esses 26 anos? Desde 1980 nao crescemos? Interessante, da a entender que nos governos militares ate 1980 (excluindo, portanto, apenas o General Figueiredo), crescemos muito. Foi o "milagre", lembram-se? Boa epoca, mas foi fogo de palha. Nao viramos tigre asiatico.

3) ... disse nesta sexta-feira que a sociedade ficará frustrada se ele não fizer um segundo governo melhor do que o primeiro, com crescimento econômico. - Lula, como sou parte da sociedade, vou te dizer uma coisa: ficarei surpresa se voce fizer um governo. Eu acredito piamente que voce nao tem a menor capacidade para ser presidente do pais. Voce nao fez nada no primeiro mandato, brincou de ser presidente, viajou muito, fez Botox, comprou ternos Armani, bebeu uisque do melhor e fumou charutos cubanos, alem de ter sido um alienado total, porque nunca "sabia de nada". Vamos ver se voce comeca a pegar na enxada para valer. Dou o maior apoio, vamos, trabalhar nao doi, nao machuca! Avante!

4) Embora tenha reafirmado que não fará mais comparações entre seu governo e os anteriores, voltou a fazê-las (...) criticou dois dos presidentes do regime militar - os generais Emílio Garrastazu Médici (1968 a 1973) e Ernesto Geisel (1974 a 1979) - o primeiro, por não ter, segundo ele, feito distribuição de renda como teria ocorrido no seu primeiro mandato (2003 a 2006); o segundo, por ter deixado a dívida externa, enquanto ele (Lula) pagou o débito com o Fundo Monetário Internacional (FMI). - Cair em contradicao a cada 5 minutos eh uma coisa seria. "Nao vou fazer mais comparacao", e la vai ele mostrando as maravilhas do proprio governo em relacao aos outros. Engracado eh o fato de que Lula so conseguiu pagar a divida com o FMI porque o governo anterior deixou sobras em caixa; ah, mas isso ele nao compara nao. Acho tambem que a "distribuicao de renda" eh modelo a ser seguido no mundo inteiro: tirou da classe media e enfiou nos pobres. Os ricos continuam como antes, se nao mais ricos. A classe media desaparece a cada dia que passa. E a pobreza ganha Bolsa-Esmola, ao inves de instrucao.

Chega de Lula e vamos a outros figuroes, nao tao importantes, mas ainda mais engracados. Vamos ao Amorim, aquela perola de pessoa, na 31ª Reunião do Conselho do Mercado Comum (CMC), instância de decisão do Mercosul :

1) Amorim destacou o "grande prazer" do Brasil em ver a Venezuela atuando como membro pleno do bloco. Dias atrás, Chávez declarara que esse processo de integração mais amplo precisava de um "viagra político". E foi além: "enterremos nossos mortos, irmãos", conclamou, referindo-se ao Mercosul e ao grupo andino, do qual a Venezuela retirou-se em abril passado. Amorim:"Nós interpretamos as palavras do presidente Chávez como o desejo de fazer avançar o Mercosul", afirmou o ministro. - Seria um caso cronico de autismo? Fato a ser estudado pela medicina, politico se torna autista depois de velho. Incrivel. Pode ter uma outra explicacao, logico, que vai apelar para o lado sexual. Chavez quer usar viagra, Amorim sente prazer, sei nao heim... Isso esta me cheirando a paixao reprimida, haha.

E a ultima de hoje eh sobre o Dulci, o secretario geral da Presidencia:

1) ... afirmou que em um dia como hoje, em que a sociedade critica o reajuste salarial concedido pela Mesa Diretora aos parlamentares, o Congresso deve ser lembrado como uma importante instituição da democracia, por seus acertos e pelo conjunto de seu trabalho. "Num dia como hoje, eu acredito que os presos políticos da ditadura, os que não tiveram liberdade partidária, os que não puderam eleger seus representantes, os que hoje se beneficiam do Estatuto do Idoso, e de tudo que já foi aprovado pelo Parlamento e que beneficia a sociedade, devem pensar no todo e analisar os eventuais erros levando em conta o conjunto das decisões do Parlamento. Se não, corremos o risco de fazer o jogo da direita autoritária brasileira". - O Dulci eh um doce de pessoa, nao eh mesmo? Ele conseguiu ir ao passado, falar sobre a ditadura, culpa a direita "autoritaria" que quer "derrubar" o governo legitimo, e com isso ele justifica o glorioso congresso nacional, aquele em que 1 em cada 5 congressistas está sob investigação pela Polícia Federal ou sendo processado pelo Superior Tribunal Federal, segundo o Financial Times. Gente, ficar discutindo ninharias como salario, essa coisa de burgues que nao consegue pensar grande, nao da. Mais engracado ainda sao os beneficios que ele cita, e os que deixa de citar: olha o Estatuto do Idoso, o qual fez uma diferenca enorme para os velhinhos desde que foi aprovado! Coisa de primeiro mundo. E o Estatuto da Crianca e do Adolescente, aquele que transforma homicida menor de 18 anos em crianca inocente e angelica? Esqueceu?

7 comentários:

andre wernner disse...

Olá, Patrícia

Esses discursos são sempre de muita retórica e pouca praticidade recheados com conteúdo zero. Quero destacar que a eleição presidencial foi desigual. O candidato do governo tirou vantagem da situação e, por isso, ganhou.
O povo ligado a Bolsa Família votou maciçamente no candidato Lula. Ou seja, a máquina do governo estava empurrando a sua candidatura. Foram milhões de votos advindos pela Bolsa. Portanto, não se pode dizer que são votos espontâneos. São votos aliciados. Trocados, barganhados.
Principalmente depois que os adeptos do PT espalharam Brasil afora que se o Alckmin ganhasse a primeira medida dele seria cancelar o Bolsa Família.
Então, entre o terrorismo verbal – especialidade da esquerda chiita – e o aliciamento das propostas populistas que não ensinam a pescar, mas dá o peixe e, quem sabe no futuro, já frito e mastigado, fica fácil dizer que não existe voto de cabresto. Quase não existe mais para deputados. Pois, o próprio governo federal se apossou dessa prática com o Bolsa Família. (Continua).
André Wernner
www.andrewernner.blogspot.com

andre wernner disse...

Olá, Patrícia
(Continuação)
Sou a favor de que candidatos ao governo têm que se desincompatibilizar com seis meses de antecedência, para não usar a máquina pública no período eleitoral. E também nada de usar o avião presidencial, entre outras artimanhas. Afinal, isso desequilibra a campanha.
Abs
P.S. Patrícia tem resposta pra você lá no meu blogue, onde você comentou no artigo do ‘apagão aéreo’. Inclusive algumas recomendações ao chegar ao Brasil...

David disse...

Patricia,

Você conseguiu me fazer rir. Depois chorar. Depois rir de novo...

Melhor fechar a página.

hehehe

SSRJ disse...

Esse blá-blá-blá dessas bestas insulta minha inteligência...

E são prolíferos!
Vc deve ter tido dificuldade para selecionar essas pérolas, se fossem as verdadeiras, o q se falou de bossalidade nesses 4 anos, pagaria os trilhões da dívida interna !!!!!!!!

Bagli&Blog disse...

Patrícia, boa noite. Tentei lhe avisar, mas tava tudo dando erro, a todo momento. Agora, já está tudo normalizado.

Na terra do absurdo, nada é contradição. Um jumento é reeleito por um povo imbecil e totalmente ignorante — refiro-me aos idiotizados de todas as classes sociais.

Bem, eu agora estou pagando para que este vagabundo do Alemão trabalhei para mim. Foi só eu dar um qualquer que o infeliz me deu um novo conto-reportagem em menos de três dias.

Já está online no meu blog.

Beijos,

Blogildo disse...

"Pérolas de porcos".
Ou "a argola de ouro no focinho do porco".

Alkimistas do Brasil disse...

Patrícia, o pior é que de besteirol em besteirol elles vão atingindo as metas!
Um abraço