quinta-feira, 6 de março de 2008

Seria Muito Bom...

... matar a sede no escritorio desse jeito.

Olha, eu trabalhei na Brahma quando ainda se podia beber cerveja na hora da refeicao. Cerveja da Brahma, claro. E no refeitorio da fabrica.

Um mes depois, eles cortaram esse "beneficio". Disseram que nao pegava bem, hahahaha. Ficamos so no refrigerante. Da Brahma. Mau...

4 comentários:

Blogildo disse...

Dizem que o Apedeuta tem um desses no Planalto.

Zé Costa disse...

Lá na Filial Nordeste, a justificativa para cortarem a "cerva" na hora do almoço, do jantar, quiçá do café da manhã, foi mais trágica: um "terceiro", depois de encher a lata, foi atravessar a BR 101 SUL - a unidade fica nas margens da rodovia - e CABUM! Foi atropelado por uma carreta. Uma tragédia! A partir de então, cabou o open bar

Como tudo que é proibido, a nova lei incentivou o mercado negro e, por isso, lá na ETEI, onde eu trabalhei, vez por outra, os mecânicos, eletricistas e os operadores iam lá tomar sua cerva proibida. Embora não bebesse nada (uma desses falhas na educação que eu tenho), solidarizava-me com o vício da equipe. Eu nunca ia me indispor com um eletricista ou com um mecânico.

PATRICIA M. disse...

Que nada, o Apedeuta bebe Caninha 51... Cerveja pra ele eh muito fraco! O cara eh pinguço.

Frodo Balseiro disse...

Patrícia
Bebedouro prá lá de sompático!
Você não pediu demissão quando suspenderam o "frige benefit"?
hehehehe