domingo, 16 de março de 2008

Let There Be CHAOS!

Oh, acabei de ler a noticia de que o Bear Stearns foi vendido ao JPMorgan por $2 a acao. Leitores, isso eh incrivel. Eu ja previa que isso ia acontecer na sexta-feira, quando houve o resgate do FED com a garantia dada pelo JP. O FED simplesmente nao poderia deixar o 5 maior banco de investimento de Wall Street ir assim, à lona. Eu apostei com uns amigos que o JP iria acabar nao apenas dando a garantia para o Bear, mas levando o banco de troco.

E isso aconteceu hoje (domingo, mas aqui ja passa da meia noite agora), antes do mercado asiatico abrir. $2 a acao eh uma verdadeira pechincha. So o predio onde esta a sede do Bear em Midtown Manhattan vale 1.2 bilhoes de dolares. A unica parte boa que sobrou do Bear, que eh a unidade de prime brokerage, gerou 1.2 bilhoes de dolares de receita no ano passado.

Se as minhas previsoes (ou bets) valem de alguma coisa, fiquem atentos, meus caros: eu acho que corremos o seriissimo risco de termos uma outra Great Depression. Worldwide Great Depression.

O FED vai cortar a taxa de juros para 2% essa semana. E nao vai adiantar nada, porque a reputacao do Bernanke nao vale mais nada. Ele nao conseguiu se provar como central banker, infelizmente.

In other words, a coisa esta ficando mais do que preta. Let there be chaos. The ablest will survive.

20 comentários:

Fábio Mayer disse...

As nuvens estão escurecendo rápido, dá a impressão que o FED está esgotando suas alternativas em amenizar a crise... mas embora você seja muito mais qualificada para comentar sobre o assunto, acho que não será nenhum "crash"... vai apenas desacelerar a economia mundial, o que já é esperado há algum tempo.

PATRICIA M. disse...

Fabio, estamos vivendo um momento historico!!!

Frodo Balseiro disse...

Patrícia
Você que é bilionária conservadora, entranhada nos "mercados", qual é sua sugestão para nós, pobres milionários progressistas (hehehehe) aqui do Bananão?

PATRICIA M. disse...

Frodo: sai do mercado de acoes, e investe tudo o que voce tem em 2 coisas: imoveis ou fundos DI.

:-)

Eh o chamado FLIGHT TO QUALITY!

PATRICIA M. disse...

Um adendo: descobri que nao sou conservadora nao, tou mais pra libertarian... Depois que participei de umas discussoes no grupo do OdC no Orkut, vi que nao quero nenhum fundamentalista cristao me dizendo o que devo ou nao devo fazer. Hehehehehe.

Blogildo disse...

O capitalismo sempre triunfa no fim das contas. É o CHAOS hoje e o HEAVENS amanhã. Heheheheh!

Quanto aos fundamentalistas olavianos. Melhor não levar esses caras à sério. Lembra dos fundamentalistas reinaldianos criticando o cara por ter feito as pazes com o Gerald Thomas? É por aí! Se a razão estiver com esses fundamentalistas, também sou libertário. If you know what I mean... hehehe!

João Batista disse...

Ignoro por completo o Orkut por falta de tempo, então não tenho idéia do que vocês estão falando (mas imagino).

De qualquer maneira, é possível defender o libertarianismo americano como um conservadorismo extremado, que no amor máximo pelas liberdades individuais recusa toda interferência estatal na economia e na vida moral. É o quase-anarquismo do próprio Olavo, fato que descaracterizaria então a expressão “fundamentalistas olavianos”: um “fundamentalista olaviano” não pode impor à patrícia o caminho certo: deve permiti-la experimentar de tudo e ficar com o que é bom, encontrar por si mesma. Senão aprendizado não houve e ela apenas obedeceu a palavras vazias. É claro que experimentar de tudo tem certa ambigüidade: patrícia, não experimente o suicídio, drogas, etc. Você não precisa se matar ou drogar para concluir se estes caminhos são ascendentes ou de um declive tão acentuado que em nada diferem de um precipício: até aí é possível constatar a certa distância.

Então, senhor Blogildo, não transforme “fundamentalistas cristãos” em “fundamentalistas olavianos”. Ainda que estes se professem olavianos, fundamento olaviano não têm. E libertário, você? Aquele do é proibido comemorar aniversário? Inclusive de Cristo? E que é proibido estátua de santo? E rezar para santo? E beber e fumar, absolutamente? No, I most definitely don’t know what you mean...

PATRICIA M. disse...

Joao, a comunidade do Olavo no Orkut abriga algumas pessoas interessantes, e outras nem tanto. Em relacao às ultimas, às quais em uma conversa via Skype com o Blogildo, referi-me a elas de fundamentalistas. Vou explicar: para os retardados mentais, só vale o que o Olavo disser. Chamam o Reinaldo Azevedo de anta, chamam o Mainardi de anta, chamam todo mundo de anta. Ninguém é "tão bom" quanto o Olavo, o resto do mundo é composto de idiotas.

Chegaram a até mesmo dizer que o que o Reinaldo dizia não valia, pois ele tinha passado comunista. Oras, e o Olavão não? São loucos, os caras. Totalmente.

É assim a nossa porca direita no Brasil. Depois de passar algum tempo discutindo (inultimente) na comunidade, perdendo algumas boas horas de sono, desisti. Porque são tão idiotas quanto o mestre delas, se é que você me entende. Porque o Olavo também não deixa de ser estúpido, e me desculpa se te magoo. Retirei-o definitivamente da minha lista de preferidos. Deixei apenas o Mídia Sem Máscara, porque gosto de outros autores lá.

Mas explico porque agora considero o Olavo um estúpido: porque ele mesmo faz isso, enquanto por um lado clama por uma direita no país, por outro ataca quem quer seja, como por exemplo o Demétrio Magnoli. Eu não estou defendendo o Demétrio, mas a minha visão de mundo é a seguinte: se o cara está com a gente, ótimo. Quanto mais melhor. Se está do nosso lado calado, ótimo, se está do nosso lado atirando em petralha, meu Deus, que bom. Mas para as olavetes e para o próprio Olavo ISSO NÃO É SUFICIENTE.

PATRICIA M. disse...

Cansei do estrelismo dessa gente, cansei do estrelismo do próprio Olavo.

O cara quer ser a única voz a clamar no deserto, o cara quer ser o próprio João Bastista (hehe). Ele não admite competidores. Ele destrói a reputação de qualquer um que se aproxime.

Ah, tem mais... Ele não tem moral pessoal NENHUMA para pregar o que quer que seja. A vida dele é CHEIA de contradições. Ex-comunista, ex-astrólogo, ex-muçulmano sufista, divorciado não sei quantas vezes, o escambau a quatro... O cara é perigoso. Como todo totalitário. E isso é uma coisa que o Olavo definitivamente é: UM TOTALITARIO. É só ele na parada e mais ninguem.

João Batista disse...

Ouvi coisa similar de freqüentadores do seminário sobre Mainardi talvez mais de um ano atrás: não dizia isto ou aquilo, tinha tal limitação, etc. e tal. Exigem perfeccionismo. Assim, como você. Rsrs. Acontece que Mainardi está aí na mídia escrevendo e lutando o bom combate. E eles? Ficam se deleitando quietinhos, julgando Deus e o mundo. A mim é atraente a idéia da liderança pelo exemplo. Escrevam, então, o que Mainardi deveria escrever.

Eu também aceito qualquer um. Fulano botou um link para um blog de outro fulano num comentário. Ao abrir e constatar que se tratava de um antipetista, adicionei lá na minha lista de links tão visitada. Não sendo anticristão militante, está dentro. Engoli três posts contra a Veja pelo mesmo motivo. A maldita revista está empregando Reinaldo Azevedo... fica para a posteridade.

Sobre o Demetrio, competidor do Olavo é que ele não é: não tem a audiência, o impacto, a profundidade e o histórico de batalha. Qual a reputação dele para ser chamado para falar do Foro de São Paulo? A de quem sempre ignorou o assunto? O sujeito destrói a própria reputação quando escreve isso: http://arquivoetc.blogspot.com/2005/05/demtrio-magnolio-mst-e-democracia.html

É, senhorita, olhe lá quando for criticar o MST, hein! Ou você é uma tola ou uma incendiária. E essa sacrossanta propriedade privada? Qual é, faça uma concessãozinha, permita umas invadidazinhas. Assim até o PSOL faz. Magnoli afirma que a pequena produção camponesa é inviável no mundo de hoje e que a modernização capitalista do campo atira camponeses ao desemprego urbano. Plínio de Arruda Sampaio do PSOL afirma que a pequena produção camponesa é inviável no mundo de hoje e que a modernização capitalista do campo atira camponeses ao desemprego urbano: http://juventudepsol.blogspot.com/2008/01/os-adversrios-da-reforma-agrria.html

Plínio e Magnoli ressaltam a importância do MST: um para a economia, o outro para a democracia. E já que estamos aqui, Magnoli proclamou recentemente que as FARC se afastaram do caminho revolucionário para aderir ao banditismo puro e simples. Deve ser por isso que o PSOL os trata como revolucionários e não bandidos: http://juventudepsol.blogspot.com/2008/03/raul-reyes-viver-sempre.html

Se isso é a competição, é só Olavo mesmo na parada. Mas não é verdade: o próprio Reinaldo se aproxima mais que um Demétrio e os dois conversam. Lembra dos elogios ao Reinaldo? Ao próprio Diogo? Que seja: é Olavo quem está lutando de fato por uma direita, e definitivamente não Demétrio, o ambíguo. Não dá para não marcar território. Alguém tem de traçar a linha. Nem há problema: enquanto Olavo arranha Demétrio, Reinaldo o reabilita. Permanecem todos juntos no final.

PATRICIA M. disse...

Joao, da para marcar territorio sim. O problema eh que as olavetes querem nesse territorio apenas o rei, e mais ninguem. O perfeito, hehehe.

Pensamento deles: agora ninguem mais pode falar do FSP, porque so o Olavo falava e ninguem escutava. Agora uns e outros querem se fazer em cima do FSP, nao? Entao o que eles querem eh o seguinte: que toda a imprensa deite aos pes do Olavo e diga: querido, voce estava certo. Ha o Foro. Nos estavamos errados. E batam a mao no peito como os catolicos ou a cabeca como os judeus no muro.

Ehhhhh, nao da, ne? Eu acho otimo que uns e outros ja comecem a achar que o Foro existe, que eh real.

Outra que te pergunto: por que so o Olavao pode mudar de opiniao? Ao resto do mundo é proibido esse tipo de coisa? Meu, nao estou defendendo o Magnoli, mas o Olavao ja tirou fotinho com Fidel Castro. Eram, digamos, arroubos da juventude e ele logo se voltou ao que era bom?

De todos esses citados ai, o que eu gosto mais eh o Mainardi, e o que eu acho mais coerente eh o RA.

Mesmo porque eles falam de politica, e o outro atira para tudo quanto eh lado. Prefiro gente mais centrada nos ataques tb.

PATRICIA M. disse...

Joao, um dia que voce tiver tempo voce entra no Orkut e entra na comunidade dele. Dai checa o tipo de discussao. Se gostar, otimo, que bom. Se nao gostar, vem falar comigo.

Hehehehehehehe.

A pior foi ouvir os monarquistas que sentem saudades de D. Pedro II e da epoca em que o catolicismo era a religiao oficial do pais. Duhhhhh. Hahahaha, morri de rir. Para eles, seria a solucao ideal de nossos problemas, um reizinho lá no trono. Quanta palhacada...

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

"Eu acho otimo que uns e outros ja comecem a achar que o Foro existe, que eh real. "

O que não é ótimo é queimar quem nos avisa sobre o mesmo há 17 anos.Nem mesmo julgá-lo pelos comentários de seus fãs.Até porque ele está do nosso lado, e como você disse, segundo sua visão de mundo:"se o cara está com a gente, ótimo. Quanto mais melhor. Se está do nosso lado calado, ótimo, se está do nosso lado atirando em petralha, meu Deus, que bom"

PATRICIA M. disse...

Yes, Roça! É esse mesmo meu pensamento. Só acho que o Olavão inflama seus seguidores a destilarem seu ódio a todo e qualquer articulista que não seja... Olavo de Carvalho.

:-)

Mas de qualquer forma, com algumas ressalvas (lógico, não concordo 100% do tempo com ninguém, nem mesmo com a minha mãe, haha), sou a favor do que ele diz. Só não sou quase nunca a favor do seu radicalismo - para ficar na terminologia petralha, não sou a favor do seu "fogo-amigo".

Blogildo disse...

João, eu tenho liberdade. Afinal, quem segue a Cristo tem liberdade. Ele não é a verdade? Pois é, a verdade liberta. Certo?
Logo, eu sou livre para NÃO comemorar o aniversário de quem eu quiser.
Sou livre para não me curvar diante de imagens. Quer coisa mais libertária que o Reino de Deus?

É claro que o que comentei acima é só um exagero. Uma hipébole. Estou mais pra conservador que para libertário. O problema é que, se não pudermos conviver com divergências - como, infelizmente, querem alguns dos admiradores do Olavo - eu "prefiro" ser libertário. Entendeu, meu camarada?

PATRICIA M. disse...

Joao Batista, lembrei de uma discussao interessante que tive ocm um olavete que dizia que conversava pessoalmente com o Olavo. O olavete (de ascendencia e assinaturinhas arabes, hmmm) nao admitia que eu pudesse gostar de Wagner. Incrivel nao? O olavete queria porque queria dizer que Bach era superior.

Eu disse, meu filho, eu gosto de Bach tambem. Mas eu adoro Wagner, qual o problema?

E o olavetinho (velho heim, mais velho que eu) dizia: o que voce ve em Wagner, as valquirias, aquela coisa ridicula de mitologia nordica? Bach (o cristao) eh bem melhor.

E eu dizia: nao, meu amor, eu gosto da musica de Wagner, DA MUSICA, otario. Gosto da melodia, gosto do som, I don't give a shit about walkyrias, I like the sound of music.

E foi so quando fiz a mencao ao filme Apocalypse Now e o bombardeio do vilarejo vietcongue pelos helicopteros americanos ao som da cavalgada das valquirias o idiota conseguiu dar o braco a torcer e disse que "é uma cena classica do cinema".

Tsc tsc tsc. Posso gostar de Wagner, Joao Batista? Ou seria proibido no mundo de Olavo gostar de Wagner? Hahahahahahahahahahahahaha.

PS: tou tirando um pouco de sarro, mas a discussao foi verdadeira. Fiquei com verdadeiro nojo dos seguidores de Olavo, numa boa.

Se musica for sujeita a criterios religiosos, oh meu Deus, onde iremos parar?

João Batista disse...

Não entro nem a pau. Neguinho quer falar do Olavo ou conhecer o Olavo então que vá ao site e brinque com a ferramenta de busca. Sinto um forte odor de álcool emanando do Orkut. Mas como é a comunidade Diogo Mainardi? Diferente? Um blog fã do Mainardi que vi certa vez era mais o menos isso que você diz, uns idólatras cegos para tudo o resto. O Blogildo até levantou os Reinaldianos que rejeitavam a conciliação do mestre com o Gerald T. E a dos petralhas então? Não dá para culpar o Olavo pelo comportamento animal dos brasileiros, e nem dá para culpar os coitados dos brasileiros, que não tem acesso a nada que não favoreça politicamente o petismo, que não tenha sido esvaziado e pervertido em prol da causa. Os debates são raros. Quando Reinaldo ou mesmo Olavo lembram que em seus debates a maior parte da platéia se comportou ou até gostou, a malícia poderia afirmar que talvez seja porque a platéia está tão acostumada ao pensamento único que suponha que para além da aparente e ilusória discordância os debatedores devem concordar enfim em alguma esfera incompreensível ao pobres mortais.

Alguns dos sujeitos que ligam para o programa de rádio, podemos ver a excitação deles ao falar dos assuntos proibidos. Uns ficam tão empolgados que atropelam o próprio Olavo e não param de falar. Não é que ligaram para pedir algo ao Olavo, mas para conversar... O outro já queria o telefone do Olavo, imagine. Eu vejo esses desesperados e tenho dó. Entendo, porém, que se eles se comportam no Orkut de maneira arrogante e querem imitar a autoridade do Olavo mas não o fundamento de tal autoridade (estudo), seriam mesmo capazes de irritar qualquer pessoa sensata.

Esqueça esses caras. Nos fóruns de discussão na internet por onde já caminhei vi claramente tais fenômenos de massa. Alguém inicia um assunto. Um sujeito escreve qualquer besteira bonitinha. Alguém elogia o sujeito, na maioria das vezes sem mérito. O próximo então também concorda e elogia. E o próximo também elogia. E a “discussão” que mal começou já acaba, porque discordar seria então discordar de toda a massa e se colocar contra todos aqueles elogios lindos. Quem quer ser um monstro? É uma chantagem paralisante. Coisa estranhíssima. Seres humanos adultos subitamente desligam sua consciência e deixam-se arrastar pelo grupo. Então apesar desse pessoal falar sobre política, na verdade é como se falassem de futebol. E são fanáticos por seus times. Mas justiça seja feita: nem só de múmias vive um “polemista”. Se o Reinaldo tem fanáticos, ele também tem você, o Blogildo. Se o Mainardi é um sex-symbol para certa fanática, esse é um aspecto dele que não me interessa em nada. E se o Olavo tem seus fanáticos, também tem muita gente decente em seu redor. Que mesmo se estiverem no Orkut não seriam capazes de se destacar entre a torcida do flamengo. Mas ao menos eles estão no time certo, rsrs. Sempre haverá uma pequena chance de essa gente abrir um livro ou os olhos e ao menos já estarão perto do pote de ouro. Vale para o Reinaldo e o Mainardi também.

João Batista disse...

Blogildo, é claro que eu entendo... mas você também é livre dos “alguns admiradores do Olavo”, não deve nada a eles, nem vice-versa. Por que você e a Patrícia ficam se misturando com essa gente? A maçã estava irresistível? Não se paute nem meça por tal gente. Que isso? Vamos medir as coisas por baixo agora? Só porque parece ser o contrário do que fazem os malucos? Problema deles, sai para lá Bacamarte!

João Batista disse...

Mas que eles não sejam tomados como expressão do próprio Olavo. Se são intransigentes: “Eu seria o último a desejar a extinção da esquerda ou a sua redução à completa impotência. Já vi esse filme e não gostei. É preciso que exista uma esquerda, que exista uma direita, que ambas consintam em jogar o jogo democrático do rodízio eleitoral e que ninguém se utilize da democracia como meio provisório de chegar a... alguma outra coisa. (...) O que não pode continuar é essa situação aberrante em que só um dos lados fala, só um dos lados acusa, só um dos lados faz e acontece e, ao mesmo tempo, esse mesmo lado se queixa e se faz de coitadinho, choramingando contra o "discurso único", como se o único discurso em circulação, fora do estreito círculo dos profissionais da economia, não fosse o dele próprio. Independentemente de decidir se no Brasil do futuro cada um de nós ficará com a direita, com a esquerda ou fora de ambas, fortalecer a direita liberal é hoje o dever número um de quem, tendo conhecido a ditadura neste país ou em qualquer outro, sabe quanto vale a democracia.”
http://www.olavodecarvalho.org/semana/oportlib.htm

Se rejeitam Wagner em favor de Bach e só música cristã conta: “Entrevista de Olavo de Carvalho a Zora Seljan, Jornal de Letras, da Academia Brasileira, julho de 2000.
(...)
9-Signo, preferências, família.
(...)
Música – Canto gregoriano; Bach; Haendel; Wagner; velhas canções italianas e irlandesas; música caipira de qualquer parte do mundo.”
http://www.olavodecarvalho.org/textos/timidos.htm

Xííí! Está danado! Wagner e Bach! Como o Olavo pode gostar de Wagner, aquela porcaria pagã! Se você quiser a autorização do Comitê Olavo de Carvalho Para Os Gostos Permitidos, pode gostar de Wagner sim Patrícia, ele também gosta. Ascendência e assinatura árabe? Seria fofoca perguntar o nome do sujeito?

PATRICIA M. disse...

Joao: David Magalhaes eh o chato do Bach... E Rafael Daher eh o cara mais imbecil que ja conheci. Ambos paulistas.