domingo, 26 de agosto de 2007

Passeio Cultural

Hoje fui a Newark. Foi a primeira vez que visitei uma working class city aqui nos EUA. No final das contas, foi divertido.

Caso nao saibam, Newark eh a maior cidade de New Jersey. Era o local de concentracao dos portugas na East Coast, ate que chegou a brazucada. Com certeza eh a maior concentracao de brazucas perto de NYC, mas acho que ainda perde para os arredores de Boston. Ainda nao entendi porque brazuca curte imigrar para Boston, ja que eh mais frio que NYC. Se souberem, mandem a resposta nos comentarios.

Descendo do Path (o metro de northern NJ) na Penn Station de Newark, pega-se direto a Ferry Street e ja se esta no burburinho. A Ferry Street tambem eh chamada de Portugal Avenue, em homenagem aos imigrantes portugas. Anda-se na rua e ouve-se portugues (tanto de Portugal quanto do Brasil) o tempo todo. Claro que tambem ha mexicanos por todos os lados, mas encontrar mexicanos aqui eh no brainer.

Comi um rodizio na Casa Nova Churrascaria. Na verdade, iria almocar na Nova Brasilia, que esta rankeada como um dos 10 melhores restaurantes de Newark, mas tinha um pagodão la na porta que me fez desviar para a Casa Nova. Nao suporto pagodão, credo. Estavam tendo um festival de chopp tambem. Na volta, vi a policia la no meio. Brazuca + chopp + pagodão eh certeza de confusão, hehehe.

A picanha estava OK. Nao digo que eh a melhor picanha que ja comi na minha vida, mas tambem nao foi a pior. By the way, a melhor picanha que ja comi na vida foi em Sampa, na Fogo de Chão. O melhor do restaurante no entanto foi o cafezinho espresso no final. Ai que delicia, igualzinho cafezinho de Sampa, e custou a miseria de $1 apenas. Barato demais da conta! Valeu a pena ir ao restaurante apenas pelo cafezinho.

Ja estava saindo satisfeita da cidade, quando vi uma aglomeracao de portugas na frente de uma confeitaria: tive de entrar para conferir os doces. Meus olhos se fixaram de primeira na bandeja de pasteizinhos de Belem, ai meu Deus que nao me aguentei, tive de comprar um. Sou louca por pasteizinhos de Belem, em Sampa ia ao centro de vez em quando so para comer pastelzinho em uma confeitaria portuguesa que conheci quando trabalhava na Rua Boa Vista. Conversei em portugues com a gaja, claro. E ainda assisti a um pouquinho de televisao portuguesa, depois de ver jogo de futebol (Brasileirao, Vasco x Sport Recife) na churrascaria brasileira. Claro que trouxe mais uma reservinha para comer em casa, hehe. Custou a ninharia de $0.80 cada, barato demais da conta! Valeu a pena ter entrado na confeitaria dos portugas.

Peguei o trem de volta e ainda tive a chance de ver o por-do-sol batendo nos predios de NYC, exatamente como nas fotos que postei ha pouco tempo. Domingão bom, viu!

13 comentários:

Costajr disse...

Só não foi melhor porque o glorioso, o salve salve, Sport Club do Recife, não ganhou... Ainda perdeu um pênalty!

By the way, foi uma excelente crônica!

Funes, o memorioso disse...

1- O que é pagodão? É multidão?

2- Enjoei pastéis de Belém e 1$ por um café é caríssimo. Aqui em Portugal um café vale metade disso.

3- Viu a televisão portuguesa? E já recuperou e consegue escrever?
Não acredito. Devia ser televisão em português, de Goa ou de Maputo. Se fosse televisão portuguesa mesmo, ainda estava a vomitar.

Fábio Mayer disse...

Eu também adoro Pasteizinhos de Belém!

Você precisa vir a Curitiba experimentar as carnes da Churrascaria Alto da Glória... põe as churrascarias de Sampa no chinelo!

Cláudio disse...

Permita-me a baixeza: a inveja corrói meu coração... :-)

Frodo Balseiro disse...

Patricia
Que diabos você foi fazer em Newark?
Essa cidade é uma espécie de Largo da Concórdia da América!
Não é de bom tom que "bilionários conservadores" a visitem!
Muito menos futuros CEOs do Morgan.
hehehe
abs
Frodo

Blogildo disse...

Que inveja! Meu domingo foi fazendo relatórios e assintindo ao filme "Tropa de Elite".
E é claro, brincando com a Gabi ( a melhor parte do fim de semana).

Abs!

O que tem de carioca que adora Friburgo e Petrópolis por causa do frio, não tá no gibi.
Acho que isso explica a atração por Boston. Sei lá...

PATRICIA M. disse...

Funes, pagode eh um ritmo musical horrendo criado por brasileiros. Eh tipo um samba, soh que pior.

Jura que cafezinho espresso em Portugal eh mais barato??? Aqui em NY nao sai por menos de $2,50...

Que nada, era RTP mesmo. Tinha uma garota muito bonita apresentando um programa chamado "Danca Comigo". Tipo show de auditorio. So que no Brasil poem um obeso horroroso chamado Faustao apresentando esses programas; pelo menos em Portugal sao mais espertos e poem uma menina bonita, hahaha. Achei interessante. Fiquei imitando o sotaque dela o resto da viagem de volta...

PATRICIA M. disse...

Fabio, Fabio, nao fale essa barbaridade, pois o Fogo de Chao eh gaucho!!!! Gaucho eh mestre no churrasco, hahahahaha. Alias, fui tambem na Fogo de Chao quando abriu a primeira loja em Curitiba, soube depois que fecharam. Pelo visto voces coxas brancas nao curtem muito uma carninha...

PATRICIA M. disse...

Frodo, fui verificar como uma working class city eh, hahahahaha. Don't worry, eu viajo incognita. Ninguem me reconhece nas ruas.

Alias, aqui nem acham que eu sou brasileira; a maioria me pergunta se eu sou (1) colombiana e (2) espanhola(?!?). Acho que eh porque tenho cabelo preto e pele clara, sei la.

Fábio Mayer disse...

Embora eu deva admitir que churrasco, churrasco mesmo, seja na Farroupilha de Porto Alegre...

Além de um churrasco, lá a gente aprecia apresentações de chula e danças folclóricas.

Fábio Mayer disse...

ai, ai...

Preciso encontrar pasteizinhos de Belém!

Funes, o memorioso disse...

Patrícia,

Essa menina bonita é Sónia Araújo.
Odeio-a.
Uma vez um cliente meu que tinha uma clínica de cirurgia estética fez um contrato com ela, para ela dar a cara em folhetos e revistas a anunciar a sua clínica. Preparei o contrato todo, redigi todas as suas cláusulas e no fim, no dia da assinatura, ela mandou, para a representar, o seu agente, um feioso cabeludo e nojento, mil vezes pior do que o Faustão.
Nunca lhe perdoei.

PATRICIA M. disse...

Hahahahahahahahahahahahahaha. Ainda bem que Madame Funes nao le o meu blog... ;-)