terça-feira, 14 de agosto de 2007

Fumantes

Toda semana trocam nossos lugares na sala de aula, propositadamente. A ideia eh promover a interacao entre todos os 80 associates de Sales & Trading.

Essa semana dei azar em relacao a um de meus vizinhos. Ele eh um frances fumante. Nao vejo problemas no fato de ele ser frances - extremamente calado e praticamente so conversa em sua lingua com um outro frances, o qual tambem eh caladao. Mas *cheiro* problemas no fato de ele ser fumante.

Ninguem aguenta bafo de fumante! Nao sei se devo oferecer chicletes a ele, para disfarcar o horrendo cheiro de fumaca estragada que vem em direcao a mim...

:-)

11 comentários:

Costajr disse...

Saída resignada: Espere o próximo rodízio.

Saída desesperada: Presentei-o com chiclets, balas, perfumes.

Saída revolucionária: Mostre um cartaz, uma blusa com alguma frase enti-tabagismo.

Saída simples: Exalte os Estados Unidos, fale mal da culinária, da cultura e de povo francês, ele vai querer ficar longe de você.

Sempre soube que francês não cheirava bem...

PATRICIA M. disse...

Costa, os campeoes numero 1 do mau cheiro sao os indianos. Nossa, mas sao MUITO fedidos em geral.

Anônimo disse...

Essa estória escutei de um professor quando estava na faculdade nos anos 70. Ele foi fazer alguma espécie de pós-graduação na Suécia. Morou na casa de uma Senhora, uma espécie de pensão, que alugava quartos. Depois de mostrar o quarto, a Senhora disse: Eu tomo banho às Quarta-feiras, o Senhor pode escolher qualquer outro dia da semana.

Cláudio disse...

Um dia estava conversando com um ex-colega de trabalho que agora vive na Austrália e, de repente, ele falou:

- Güentaê!

E ficou OffLine imediatamente, voltando uns minutos depois...
Tal e qual um lorde inglês perguntei:

- Foi largar um barro emergencial?

E ele:

- Que nada! Tinha um indiano aqui do meu lado muito fedido. Tava ficando enjoado e fui mudar de lugar...

Blogildo disse...

Acho que me incomodaria mais com o fato de ser francês do que fumante. Hehehehe!

Costajr disse...

Segundo à Sra Costa Junior, o cheiro peculiar dos indianos é na verdade do curry, um codimento da culinária indiana, insuportável.

Fábio Mayer disse...

Pior que bafo de onça!

Eu gosto de molho leve de curry mas acho que é verdade, tal qual o alho, é algo que impregna no corpo se consumido em grande quantidade.

Cejunior disse...

Pelo menos ele não fuma na sala de aula, né ? Ou fuma ???
Fica difícil resolver isso, na França TODO mundo fuma e muito!
E em qualquer lugar também. Dá pena você entrar uma padaria e dar de cara com o padeiro com o cigarro na boca!!!
Siga o conselho da sábia Martaxa Suplício: "relaxa e goza"...

Angel disse...

Por isso sempre ando com minhas balas de hortelã. Recusar bals de hortelã é socialmente inaceitável. Tenho um olfato muito apurado e detesto cheiro de fumante, não só do hálito, mas o cheiro que fica nas mãos, roupas etc...
Argh...
Mas os franceses são muito ciosos de seu hábito de fumar...

Anônimo disse...

Cada um na sua. A vida é assim.

Lelec disse...

Quem tiver um método infalível para se livrar de franceses fumantes, eu o compro seja lá qual for o preço.
No hospital em que trabalho (o maior da Europa, o mais importante do país) até o diretor fuma nas reuniões clínicas.
Alguém me salve!