domingo, 22 de abril de 2007

Mais Um Domingo

Levanto hoje, e o sol brilha no ceu novaiorquino. Nem parece que estamos na primavera, sera ja o verao? Escaldantes 25 graus, ate coloco o bone para sair de casa. Combinando com a camiseta polo, que aprendi a usar aqui, fiquei num estilo "all american girl", haha.

Vou tomar um brunch em um restaurante aqui perto de casa, sozinha. Primeiro conto sobre o local. Nao eh propriamente um restaurante: ha poucas mesas, e muitos sofas espalhados pelo lugar, com cara de velhos, e as pessoas sentam-se como se estivessem na sala de visitas da sua casa. Melhor ainda para quem vai sozinho, porque nao precisa ocupar uma mesa inteira e ficar com aquela cara de "ai, estou sozinho!". Fora que voce nao eh o unico solitario, alguns abrem o laptop e ficam a manha inteira bebericando alguma coisa. Outro abrem livros; outros ainda ficam ouvindo seus I-Pods. Eu nao, nao faco nada disso; fico so observando, e conversando com meus botoes. Ah, ha mesas na calcada tambem, e as portas, que ocupam toda a fachada do restaurante, ficam escancaradas. Uma delicia sentir o ventinho entrando e ver o movimento la fora na rua.

O momento eh propicio para botar os pensamentos em ordem: nada melhor do que um lugar cheio, alegre, cheio de pessoas falando sem parar e voce, sozinho, sem ser notado, ter a oportunidade de pensar o que quiser, sem ser interrompido.

Tomo meu cafe com calma, bem devagar, saboreando cada minuto e cada pedaco. Eis que de repente, nao mais que de repente, ouco a melodia, aquele som tipico, o barulho que faz meu coracao bater mais rapido... O ronco do motor de uma Harley se aproximando! E era mesmo uma Harley, para no sinal de transito, dou uma espiadela. Com o tempo quente, as Harleys voltam `as ruas, ontem tambem vi uma quando fui pegar minha maquina fotografica no conserto. As duas visoes - de ontem e de hoje - me lembram que preciso urgentemente colocar em movimento os mecanismos que farao meu grande sonho se tornar realidade... Tenho que comprar minha moto, desse ano nao passa! Ja esperei 12 longos anos por esse momento - desde a primeira vez que vi Easy Rider - ja esta mais do que na hora de realiza-lo. E melhor aqui, onde as estradas sao maravilhosas, sem buracos, largas. Aguardem, porque ai terei uma secao so de fotos das viagens de moto nos finais de semana...

Fiquem com a trilha sonora das minhas futuras viagens: Get your motor runnin'/Head out on the highway...

Steppenwolf - Born To Be Wild

11 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Bem, não é por acaso que a América é a terra dos sonhos.

cejunior disse...

E ai ainda tem aquelas Harley tipo chopper, bem estradeiras mesmo...
Faz muito bem, Patrícia, até porque, se você voltar para cá, não vai conseguir andar nas nossas estradas nem de bicicleta!! rsrsr
Um beijo e boa semana.

Costajr disse...

Compre a moto, viaje e depois conta a experiência.

Daniel F. Silva disse...

Bela canção. Só de ouvi-la, dá vontade de pegar uma moto e sair por aí.

A Furiosa disse...

Uau! Tudo de bom. A trilha sonora dos Hells. Já morei com um e andei muuuuiiito de Harley.De tanto copiarem as Harley eles acabarm fazendo copyright da única coisa que as japonesas não conseguiram copiar: o som.
Minhas amigas que têm Harley sempre optam pela sportster 800. Eu sou louca é pela Fat Boy. Meu Hell de estimação tem uma de época. Daquelas de exército. Um luxo!
Vá em frente e conte tudo!!!
Oriane

PATRICIA M. disse...

Oriane, o som do motor de uma Harley eh musica para meus ouvidos, haha. Eh inigualavel, ninguem conseguiu imitar ate hoje.

Eu tambem sou apaixonada pela Fat Boy, haha, mas acho que a primeira sera uma Sportster mesmo: eh mais barata e mais leve, melhor para eu me acostumar e aprender.

Se eu pudesse copiar mesmo uma moto, ou monta-la, sei la, faria uma igual a do Peter Fonda em Easy Rider.

Anônimo disse...

Acordei bem cedo, o sol estava a pino. Fui a uma pastelaria, em Duque de Caxias, depois eu digo o nome, é de um coreano. Comi um pastel de queijo Minas com presunto,que delicia.As coisas simples e que são boas, chega de presunção.Pensei nos meus compatriotas que estão nos EUA(o dolar se desvalorizando, presidente em queda de popularidade, matança rotineira em colégios...) e pensei como é bom viver no meu país(risco brasil em queda, inflação estabilizada, presidente em alta credibilidade,preços no supermercado estáveis,classe média satisfeita, salário minimo satisfatório, policia FEDERAL atuante pegando os corruptos,....só noticia boa, para os pobres a bolsa familia)quantos lá estão doidos para voltar.
Aqui eu compro uma moto e posso pagar em 60 meses suaves, enquanto isso lá....

PATRICIA M. disse...

Hahaha, publiquei esse comentario acima so para dizer a seu autor(a): a inveja eh mesmo uma merda!

1) Duque de Caxias? Baixada Fluminense? Boa sorte, querido(a)! Hahahahahahaha. Eu nao moro em "zona de conflito".

2) Matanca rotineira em colegios, nao me faca rir. Ai na sua Baixada da Morte eh que podemos verificar o que eh realmente uma carnificina.

3) Voce compra uma Harley ai em 60 prestacoes e mora na Baixada? Olha, muito cuidado heim, hahaha. Vai ser assaltado, querido(a). E morto(a). So para sua informacao, aqui se compram casas em 30 anos. Motos e carros tambem se vendem a prestacoes, ou ja esqueceu que o credito aqui eh muito mais universal que o credito no Bananao?

Vontade de voltar? Pirou, so pode. Pode ficar com o pais todinho para voce e seus cupinchas petralhas que eu estou bem melhor aqui. Agora ve se encarna em outro que daqui para a frente so perdera seu tempo. Passar bem.

william disse...

"Pode ficar com o pais todinho para voce e seus cupinchas petralhas"

Mas só pensa em si! E aqueles que, por enquanto, não podemos sair daqui? Você quer que sejamos escravos desses merdas! hehehehe


Ah, como foi a prova? Conseguiu estudar, afinal?

PATRICIA M. disse...

William, eu confesso, perdi a paciencia e vim embora. Pode chamar de egoismo, covardia, whatever. Voces que ficaram tem o dever de lutar contra eles. Eu fico na torcida, dando apoio moral.

:-)

Anônimo disse...

Oi Patrícia!!


Saudades?