domingo, 21 de outubro de 2007

O Pessoal Dos Direitu Zumanu

Comentários no meio da reportagem...

Da AE - "O corpo de mais uma vítima da operação na Favela da Coréia foi recolhido hoje na Estrada do Taquaral, em Bangu, zona oeste da cidade, quatro dias depois dos confrontos que deixaram 12 mortos, segundo os dados oficiais. Alexandre Lima, de 22 anos, conhecido como Buiú, foi morto com um tiro de fuzil na cabeça quando se escondia num buraco. "A polícia foi feita para prender, não para matar", protestou uma prima de Lima. Ontem, outros cinco homens foram mortos na área do 14º Batalhão (Bangu).

A priminha do bandido acha que a polícia foi feita para prender. Mas não é uma graça de menina? Por que o primo estava escondido em um buraco? Gente de bem se esconde em buraco? E prender o nego aonde? Naqueles presídios do Rio de Janeiro, onde ninguém fica preso, onde todo mundo tem 10 aparelhos de celular e faz extorsão e sequestro de dentro da cadeia? Faça-me o favor! Acho que nem precisamos mesmo aprovar uma pena de morte no país, já temos uma informal, que vale nas ruas... Muito bem.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio, Wadih Damous, informou que vai pedir o laudo do Instituto Médico Legal de Alexandre Lima para saber se houve execução. "O laudo vai esclarecer, mas pela descrição há sinal de execução. Vou requisitar não só esse laudo como de todos os outros, inclusive os do Complexo do Alemão, feitos por peritos federais, que até agora não foram liberados", afirmou Damous, que tem criticado o que chama de "política de extermínio" do governo fluminense.

A rídicula e ultrapassada instituição chamada OAB - principalmente a seccional do Rio de Janeiro - deveria calar a boca. Sao todos uns bostas - me desculpem a palavra chula - que deveriam estar preocupados com seus juízes e advogados todos comprados pelo tráfico. Deixem a polícia em paz, seus inúteis.

Em nota, o governo do Estado respondeu as críticas da OAB e reiterou que as ações da polícia são planejadas com inteligência e que o confronto é inevitável. "O governo não vai recuar de sua obrigação de buscar e garantir a segurança da população", informou o texto. A Secretaria de Segurança mantém o número oficial de mortes: dez traficantes, um policial e um menino de quatro anos, vítima de bala perdida. De acordo com a Secretaria, ainda serão apuradas as circunstâncias da morte de outras vítimas encontradas na região depois da operação."

A cifra está boa, são 10 bandidos para um policial apenas. Será que nego ainda não sabe que estamos em guerra civil no Brasil?

6 comentários:

Daniel F. Silva disse...

Pois é, tem gente que quer fechar os olhos pra isso. E a OAB do Rio tem a maior quantidade de petralhas por metro quadrado. Nunca é bom levá-los a sério.

Blogildo disse...

A organização dos advogados bacanas - pois do Brasil eles não são - só quer saber de diretos dos bandidos. As vítimas não têm direitos. É uma sociedade podre a brasileira.

Não é a toa que numa pesquisa de "O Globo" o povo - i.e. os internautas - quer uma polícia toda formada como policiais do Bope!

Faca na caveira, mermão!

Anônimo disse...

O que você não entende, é que quando a sociedade não dá valor para a vida de uma pessoa, qualquer que seja o caráter dela, ela não tem porque dar valor à sua. Um menino que foi violentado, não teve escola, não teve família, vive roubando, vai dar algum valor para a sua vida? Para quem é mais fácil matar, para ele ou você com sua pena de morte?

PATRICIA M. disse...

Ihhhh alah, jah chegou o petralhudo culpando a tal da sociedade. Eh querido, eh a sociedade a culpada, ne? Pobre que eh pobre mesmo tem que ser bandido, ne? Fico aqui imaginando o baixissimo indice de criminalidade na India e me perguntando: por que???? Por que na India, que eh mais pobre que a porcaria do Bananao, ha menos bandidos?

Sera que voce eh da tchurma da maconha?

Anônimo disse...

Só para ver se você é capaz de entender (acho difícil, mas vou tentar). Se você não dá valor para a vida de alguém, este alguém não dá valor para a sua. Quem tem a perder neste jogo?

PATRICIA M. disse...

Anonimo, eu nao tenho, ja me mandei dai. Voces eh que tem. Se virem. Comece a campanha "Adote um Bandido".