sexta-feira, 2 de março de 2007

Global Warming - The Fallacy

"But there is a more sinister side to this feeding frenzy. Scientists who dissent from the alarmism have seen their grant funds disappear, their work derided, and themselves libeled as industry stooges, scientific hacks or worse. Consequently, lies about climate change gain credence even when they fly in the face of the science that supposedly is their basis."

Leia o resto do artigo aqui. Publicado no Wall Street Journal, um jornal respeitado, de ideias conservadoras, por um professor do MIT. By the way, eu nao leio o New York Times, um jornal democrata de ideias politicamente corretas, esquerdistas e alarmistas.

E se quiserem mais opiniao de leigos, vao assistir o filminho do Al Gore (An Inconvenient Truth), aquele la que gracas a Deus perdeu as eleicoes para presidente. O gordinho apocaliptico, tentando assustar as criancinhas. Alias, assustar nao, fazendo lavagem cerebral. De repente Al Gore passa de politico a entendido sobre meio ambiente. Alias, todo mundo hoje eh entendido sobre meio ambiente, uma coisa incrivel.

Tem esse outro artigo aqui do Journal, do mesmo professor do MIT, mas creio que nao conseguirao acessar. Acho que eh somente para assinantes.

"If the models are correct, global warming reduces the temperature differences between the poles and the equator. When you have less difference in temperature, you have less excitation of extratropical storms, not more. And, in fact, model runs support this conclusion. Alarmists have drawn some support for increased claims of tropical storminess from a casual claim by Sir John Houghton of the U.N.'s Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) that a warmer world would have more evaporation, with latent heat providing more energy for disturbances. The problem with this is that the ability of evaporation to drive tropical storms relies not only on temperature but humidity as well, and calls for drier, less humid air. Claims for starkly higher temperatures are based upon there being more humidity, not less--hardly a case for more storminess with global warming.

So how is it that we don't have more scientists speaking up about this junk science? It's my belief that many scientists have been cowed not merely by money but by fear."


Mais reportagens aqui, via O Insurgente. A nova religiao chamada Global Warming nao vai nos dar tregua tao cedo.

12 comentários:

Blogildo disse...

Depois do credo do darwinismo agora teremos de aturar o credo do ambientalismo!
Falei besteira quando afirmei que as religiões organizadas iriam acabar! Rsrsrsrs!

Have a good Weekend!

Catellius disse...

Eu realmente espero que os riscos do aumento do efeito estufa não passem de um grande hoax.
Espero também que o desmatamento da Amazônia seja um hoax.
Espero que, caso não seja, o alerta de que os ventos que passam por lá e chegam ao sul e sudeste do Brasil após ricochetearem nos Andes perderão a umidade e desertificarão a região mais rica do país seja também um hoax.
Como escrevi antes, isto não impede que repensemos nosso modus vivendis cheio de desperdícios e predatório em relação ao meio ambiente.
Odeio também os alarmismos do Al gore e do Fantástico. Mas escolher uma ideologia contrária, colar às opiniões de um jornal, neste caso específico, é inútil. Soa como alarmismo do alarmismo. O melhor a fazer é agir com cautela, não ser dogmático ao apoiar nem ao criticar, e, acima de tudo, não ser infantil como aquele personagem de Zadig, de Voltaire, que fez um tratado para provar que o paciente não deveria ter sarado do olho. Se o planeta estiver mesmo aquecendo, em pouco tempo apenas a religião dos críticos do aumento do efeito estufa estará proclamando que tudo não passa de um hoax. Se não estiver aquecendo, em pouco tempo apenas os religiosos da seita do Al Gore acreditarão que a temperatura média do planeta já está em 100º C (mas que todo o planeta se adaptou a ela, inclusive a água, cujo ponto de ebulição teria subido para 180º C., he he)
Abraços a todos e boa sorte nesta cruzada

Patricia M. disse...

Catellius, o sujeito eh cientista. Colo a opiniao dele porque acredito que ele saiba do que esta falando. Eu nao sou cientista.

Acho valido o alerta que ele faz. A politica esta por tras de tudo, ate mesmo por tras da ciencia. Sem dinheiro, ninguem faz pesquisa. Ao inves da religiao propriamente dita, hoje em dia sao grupos muito mais poderosos por tras do fundamentalismo de esquerda que ataca qualquer coisa que nao lhe seja do agrado.

Nao se pode provar ate hoje que o homem eh o responsavel pelo aquecimento. Nao se pode tambem provar que ele NAO eh o responsavel. Voce nao eh a favor da ciencia pura e verdadeira? Eu so aceito a tese do aquecimento global quando puderem provar por A+B que somos mesmos os responsaveis por isso. De outra forma, continuo cetica. Nao eh a minha religiao.

Suzy Tude disse...

Patricia, você reforça o que nós já sabiamos. Como disse o Reinaldo: que cada um escolha o seu apocalipse. O meu e o de muita gente bem ingormada por certo não é o aquecimento.
Parabéns, minha amiga!
Beijos

Costajr disse...

Se eu entendesse o post em inglês eu até me atreveria a expor, sei lá, minha opinião sem base, mas como não sei se no post há um xingamento à mim, à minha mãe ou ao Flamengo, prefiro concordar com o Blogido, a Suzy e com o Catellius

Blogildo disse...

Leu a última da Ann Coulter? Bem que vc podia traduzir e postar aqui!
É exatamente o que vc destaca!

Abraço!

Fábio Max disse...

Acho que a causa dele é boa. Acho que o Al Gore tem razão ao alertar o mundo dos problemas, etc... e tal... Mas sempre fico com um sentimento de confusão quando penso como seria se ele fosse eleito presidente dos EUA, como ele agiria à frente da maior nação consumidora de energia e maior poluidora do planeta... Não acho que ele seria tção contundente como presidente!

Patricia M. disse...

Fabio, por que ninguem reclama da China poluindo o planeta? A China eh o segundo maior emissor de gases que causam o efeito estufa. Ela assinou o famigerado e falido Protocolo de Kyoto, mas nao teve (e nem vai) reduzir em nadinha suas emissoes poluentes. Por que os EUA deveriam assinar aquela nhaca? Sou totalmente a favor da NAO assinatura por parte dos EUA daquela porcaria...

Blogildo disse...

O ponto é o seguinte: Esse mesmo pessoal que hoje faz todo esse oba-oba em torno do aquecimento global torrou o saco mundial (que expressão esquisita! Rssrsr!) lutando contra a energia atômica. A energia atômica era algo promissor e no entanto esse mesmo pessoal lutou contra até que se desistisse dela e continuássemos dependentes de energia fóssil.

O que esse pessoal quer é aparecer! É política pura e simples.

Catellius, admiro a sua ambígua conduta francesa nessa questão. Mas na prática ela não funciona.

Catellius disse...

Patrícia,
O texto critica o alarmismo mas reconhece que:
"Global temperature has risen about a degree since the late 19th century; levels of CO2 in the atmosphere have increased by about 30% over the same period; and CO2 should contribute to future warming. These claims are true."

Também acho um absurdo os cientistas europeus que levantaram questões contra o aquecimento global terem sido afastados de seus cargos, a Science and Nature não publicar artigos que fazem ponderações e criticam o alarmismo, cientistas sendo cooptados por dinheiro de democratas, etc.

sou contra transformar algo em verdade na marra.

sobre o seu "eu nao leio o New York Times, um jornal democrata" tenho a dizer que todos os lados são algo tendenciosos, então se você quiser ter um pensamento realmente seu, livre, deverá ler o que o "amigo" escreve e também o que o "inimigo" publica.
bom, eu prefiro me instruir sobre ciência na scientific american e nature, por exemplo, do que com o WSJ. mas achei a reportagem super pertinente. em um artigo a scientific american (que não está ligada aos democratas) critica o editorial do WSJ e eu recomendaria que você o lesse.
e a opinião dada no WSJ não diz que os rios e o ar não estão poluídos, que o homem não produz lixo demais, que não leva uma vida predatória. isto é consenso.

aliás, achei no próprio Wall Street Journal vários artigos alertando para o aumento do nível dos oceanos, apontando quais ilhas do Havaí iriam ficar inabitáveis, etc.

abração

gilrang disse...

m., dear,

i work with models and all of them need some assumptions in order to give us some hints about what we are trying to simulate. there´s a good point in your post about people against the global warming alert who don´t get grants to do research about their assumptions. so, we do not know that by taking some other assumptions we´ll end up with a new vision of the environment and its behavior.

we use to say for models that, if you don´t have good data and good assumptions, the result might not represent very well the physical phenomena. this is summed up with a say: garbagge in, garbagge out. actually, you can be led to the solution of a completely different problem and not the one you want to solve.

you´re right when you say there´s no way, now, for us to know whom to blame for the changes in climate. there are natural causes yet unexplored. we should check them with better models.

Fábio Max disse...

Patricia M,

Concordo, a China polui pra caramba e ninguém a critica, porque uns palermas dizem que é "socialista"...

E os países da cortina de ferro eram verdadeiros assassinos ambientais, até hoje a Alamanha gasta bilhões de dólares anuais para cuidar dos estragos dos comunistas.

E, no Brasil, a raça mais ecologicamente irresponsável encontra-se nas fileiras do MST e no meio de quem recebe bolsa familia.

Mas quanto ao Gore, acho que ficaria confuso mesmo!