sábado, 30 de junho de 2007

Primos

Ele era um ano mais velho do que ela. Na verdade, 1 ano e quase 2 meses: nasceu em 6 de setembro de 72, e ela era de 16 de novembro de 73.

Brincavam no jardim da frente da casa da avó materna. Entrava-se por um pequeno portao de ferro, e ja se estava no jardim. Nao era muito grande, mas era bonito, cheio de roseiras. Do jardim, passava-se a um pequeno alpendre, e ai ja se estava em casa, uma daquelas casas bem antigas, teto alto, muito alto, chao de largas tabuas de madeira barulhenta, e o velho avô alto bem alto arrastando a sandália de couro e contando estórias de caçadas e de onças e de pescarias.

Brincavam os primos no jardim da frente da casa. Teriam no maximo 6 e 5 anos de idade. Ela deve ter dito qualquer coisa que talvez o incomodou em seu orgulho de macho mais velho, pois ele retrucou justamente que sabia mais, pois era mais velho. Nao se deu por vencida:

- Um dia ainda serei mais velha do que voce.

E por que nao?

7 comentários:

Costajr disse...

A menina de 6 anos fez engenharia química, trabalhou na Brahma, morou no no sul, em Sampa e largou tudo e foi viver nos estates, e hoje é famosa, talentosa,e motivo de orgulho para todos, até para o primo birrento. o que terá sido feito do avô de chinelas pesadas e boas estórias?

um abraço.

Blogildo disse...

Se for na Bíblia católica é Salmo 118:100. Se for na protestante é Salmo 119:100.

Bjs!

PATRICIA M. disse...

Costa, morreu em 1982 de um cancer fulminante do estomago. Dizem as más línguas que foi de desgosto, já que um filho lhe passou a perna em uma transacao da fazenda...

Renata disse...

Olá! Cheguei aqui através do blog do Fábio Mayer e gostei muito,inteligente e divertido, parabéns!
um abraço,

Blogildo disse...

Que história triste!

william disse...

Só agora, com febre e dor de cabeça, me ocorreu um comentário para este post: Patrícia, lamente! Eu nunca serei mais velho que você! hehehehehe Que maldade a minha! Me jactanciando por ser mais novo! :P

PATRICIA M. disse...

William, por um bom tempo eu pensei assim tambem em relacao a meu primo. Mas vi que quando era crianca eh que tinha razao: se ele morrer e eu sobreviver, serei mais velha do que ele. Ou seja, se eu morrer e voce sobreviver, sera um dia mais velho do que eu.

As criancas sempre tem um pouco de razao naquilo que falam, por mais estranho que pareca na hora.