domingo, 12 de abril de 2009

Nao Bastavam

os muculmanos, agora os irlandeses resolvem atacar novamente.


Eu vou confessar, na juventude e longe do palco de batalha eu ja fui simpatica a causa do IRA. Principalmente depois de ter lido Trindade, de Leon Uris, e tambem por ser catolica, claro. 

Mas depois de abandonar o radicalismo juvenil, e ver o mundo com outros olhos, e constatar hoje que qualquer tipo de terrorismo eh simplesmente inaceitavel, nao tenho a menor simpatia pelos caras. 

Imagina o quanto o MI-5 e a Scotland Yard terao a mais de trabalho, por causa dos cabecudos do norte. Ao inves de focar toda a atencao no inimigo cabeca-de-toalha, agora terao que adicionar o inimigo cabeca-vermelha. Eh demais, viu. 

3 comentários:

Blogildo disse...

Esses caras são tão bregas! Terrorismo é tão demodé.

Funes, o memorioso disse...

Leon Uris?
Leon Uris é talvez o maior vómito literário do século XX.

patricia m. disse...

Po, Funes, nao se sabe disso quando se tem, sei la, 14, 15 anos, ne?