quarta-feira, 18 de maio de 2011

Misantropia

Barba Ruiva, replicando meu comentario a respeito de determinada pessoa, sobre a qual estavamos conversando:


- Patricia, para voce basta uma pessoa existir para ela ser considerada chata. Ela nao necessariamente tem que ser chata...

Depois de 12 anos de convivencia, posso dizer que meu marido me conhece mesmo. E ainda definiu misantropia de uma forma hilaria...

2 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Barba Ruiva tem razão. Eu limitaria o seu horror à humanidade e diria:
Basta uma pessoa existir para ela possivelmente ser chata.

Vinicius disse...

Lembrando de Descartes, podemos melhorar ainda mais. Só as que pensam e portanto logo existem são provavelmente chatas. As que não pensam nem existem. É possível que existam pessoas que não são chatas, mas isso é improvável.