quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Brasileiro É Sem-Vergonha Mesmo

Então a menina posa peladona, ganha o Big Brother, está em novela da Globo ou coisa que o valha, e a mamãe ainda ganha o Bolsa-Esmola do governinho federal, aquele que cuida dos pobres? Falta caráter e vergonha na cara do brasileiro médio. Com esse tipo de gente aí, o país realmente nunca sairá da letargia generalizada.

O Globo - "O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) bloqueou, nesta segunda-feira (3/9), o benefício da costureira Cleusa Soares Massafera - mãe da atriz e ex-participante do programa Big Brother Brasil, Grazielli Massafera. A costureira é uma das 3.204 beneficiárias do programa Bolsa Família no município de Jacarezinho, Paraná.

O MDS vai notificar também a Prefeitura para atualizar o cadastro da família e identificar a partir de quando Maria Cleusa deixou de atender ao critério de renda do programa (renda mensal de R$ 120,00 por pessoa). Caso o perfil de renda da costureira não seja compatível com o Bolsa Família, o Ministério vai iniciar processo para que seja feita a devolução dos recursos recebidos indevidamente.

O cadastramento das famílias e a atualização do cadastro são de responsabilidade das Prefeituras. O MDS apóia essa ação em quase todos os municípios brasileiros, com repasse de recursos financeiros. É fundamental que as administrações municipais atualizem a renda das famílias regularmente para evitar pagamentos de benefícios indevidos."

14 comentários:

jorge c. disse...

Não são só os Brasileiros, Patrícia, como já deve ter reparado por aquilo que vamos contando.
Aqui, houve um dirigente desportivo que declarava o salário mínimo enquanto oferecia carros topo de gama aos filhos.
Para não falar nos beneficiários de pensões que circulam por aí de telefone novo na mão e outros gastos supérfulos.
É mesmo uma vergonha!

PATRICIA M. disse...

Jorge C., bem vindo a esse blog, nem de longe tao agradavel e inteligente quanto o blog do Funes, hehehehehehe.

Jorge, te pergunto, herdamos isso dos portugueses? Pois o Estado brasileiro comecou a ficar pesado e inchado quando Dom Joao VI fugiu de Napoleao para o Brasil e trouxe uma corte gigantesca com ele. Os politicos brasileiros ate hoje acham que sao imperadores e devem ter corte, vide Rei Lulla, o Bebado (todo imperador tem um epiteto, nao? O do nosso eh bebado mesmo).

Ate hoje acho que se fossemos colonizados pelos quakers ingleses, seriamos outra nacao. E nao eh qualquer ingles nao, veja o que o ingles mediano fez na India. Tinha que ser quaker!!!!

Suzy disse...

Patrícia, e sabemos só parte de "desvios" assim.
Às vezes penso que nós é que somos os "insanos" em tentar modificar esta situação vergonhosa.

Blogildo disse...

Tadinha, Patrícia! A Grazi não sabia de nada. Heheheheh!

Funes, o memorioso disse...

1- Ora, Patrícia!
Não seja má.
Está na cara que Cleusa Soares cortou relações com a filha por ela aparecer pelada. Ela não beneficia nada do rendimento da filha.

2- Em tempos integrei uma comissão que apreciava o pedido de isenção de pagamento de propinas numa universidade. Apareceu-nos um desgraçado cuja família tinha a declaração de rendimentos mais miserável que já se viu. Manifestamente nenhum deles comia mais do que uma vez por semana, para ele poder andar na faculdade.
Sendo bom aluno, não tivemos a mais pequena em dúvida em lhe conceder não só a isenção de propinas, como uma avultada bolsa de estudo.
No fim do semestre, ele entregou um requerimento a solicitar o adiamento de um exame, porque no dia previsto para o mesmo tinha uma prova de vela na Nova Zelândia, onde o seu pai já se encontrava com o veleiro.

3- Não sei se a Patrícia sabe, mas quando D. João VI partiu para o Brasil, as tropas de Napoleão encontravam-se perto de Abrantes, avançando rapidamente em direcção a Lisboa, a cerca de 100Km. Dom João VI escreveu então uma carta a Junot (acho que foi a Junot), que comandava o exército invasor, pedindo-lhe muita desculpa e lamentando muito por não o receber, mas não podia, porque estava de saída para o Rio de Janeiro.

Daniel F. Silva disse...

Malandro é o gato, que já nasceu de bigode...

PATRICIA M. disse...

Blogildo, claro que ela nao sabia de nada, hahahaha. Alguem sabe de algo no Brasil? Acho que nem dar direcao na rua eles sabem, hahaha.

Eita pais de "ignorantes"...
:-)

Anônimo disse...

Tomei um susto quando li "comissão que apreciava o pedido de isenção de pagamento de propinas". Pensei comigo mesmo: Será que já chegamos a esse ponto? Depois fiquei aliviado quando percebi que Funes, o memorioso é de Portugal.

jorge c. disse...

Patrícia, somos todos fruto das circunstâncias.
Vasco Pulido Valente fez, há uns meses, um retrato do país, na RTP, mais negro que a vestimenta de Darth Vader (a referência é rebuscada, mas foi o melhor que consegui) que não podia ser mais correcto. Toda a sua análise se baseava em hábitos adquiridos com o tempo.
O Brasil deve muito a Portugal, não sei se no bom, se no mau, mas a verdade é que alguma coisa herdou.

Nós, os portugueses, herdámo-nos, não temos outra escolha.

(Fiquei cliente aqui do espaço, e por favor não volte a chamar inteligente ao convencido do Funes.)

Funes, o memorioso disse...

Para perceber os portugueses, é preciso perceber a sua localização no mapa. A Europa foi povoada a partir da Ásia. Naturalmente, os povos mais capazes foram-se fixando e empurrando os inúteis para a frente. A Portugal chegou, naturalmente, a pior escumalha que havia. Daqui para a frente não havia mais terra para podermos ser empurrados.

Jorge C.
Funes é tudo menos convencido, é a humildade em pessoa.
Quando afirmo que sou um génio é só porque isso é verdade.

Blogildo disse...

Funes, quando acabou o chão o resto foi empurrado ao mar. Os mais inúteis estão do outro lado Atlântico. Hehehehe!

Blogildo disse...

Ou seja, aqui ainda é pior que ai!

Costajr disse...

Quanto ela recebia, mesmo? Seria cômico, se não fosse trágico.

Duas verdades enxergo na nota:

1: Esse programa não tem critério. O que interessa é inflar o número de beneficiados, que nós sustentamos.

2: É de gente assim que se constrói essa imoralidade que se chama Brasil.

Fábio Mayer disse...

A mão da "atriz" declarou na maior cara dura que ia "passar o cartão para outra pessoa necessitada"... ela deu uma resposta tão boa quanto a interpretação da filhinha retardada dela!

Isso para mim se resume auma coisa só: FALTA DE HONESTIDADE!