sábado, 24 de fevereiro de 2007

Os Quarenta

Fico imaginando os motivos pelos quais quarenta brasileiros resolveram atravessar o deserto e vir para a America. Seriam os mesmos motivos estupidos da heroina da novela emburrecedora? "Tudo na America eh tao limpinho..."

Fico imaginando os motivos pelos quais arriscaram suas vidas e deixaram a patria amada idolatrada salve salve para vir se enfurnar aqui, trabalhar ate nao poder mais e ganhar uns trocados. Se na Republiqueta Bananeira o cidadao pode contar ate com Bolsa-Esmola! Ou seja, nao precisa estudar, nao precisa trabalhar, e "em fevereiro, em fevereiro, tem carnaval"... O cidadao ainda corre o risco de virar presidente um dia! Alguem pediu vida melhor a Padim Cico?

Ja aqui, aqui eh o inferno chavista, cheio de demonios bushianos. Tudo recende a enxofre. O capitalismo vil e ignobil dominou todos os espacos, e as pessoas acendem velas ao deus consumismo. Ninguem eh genuinamente feliz nessa terra esquecida.

Fico imaginando se os quarenta foram avisados da crua realidade dos fatos. Creio que nao, tivessem sido informados mudariam de rumo. Ao inves de cruzarem o deserto, teriam ido parar em uma paradisiaca ilha caribenha, onde Papai Estado cuida de tudo, ate melhor que na Republiqueta. E la eles tem ritmos parecidos com os nossos, garanto que nao sentiriam falta de carnaval... Tivessem sido avisados, e com certeza as noticias de jornais seriam outras...

8 comentários:

JÚLIO SILVA CUNHA disse...

Com a maior estima blogosférica... http://apaniguado.blogspot.com/2007/02/mulher-brasileira.html

gilrang disse...

m.,

one should really ask:

1. WHY were these fourty people going to the evil dominated america?

2. WHAT were they thinking when they decided to leave "patropí"?

3. were they insane?

4. were they leaving for good? or for a while? just to make some money and come back, after making it in america? or, for religious reasons, by having the opportunity to be tempted by the devil himself and reach a state of grace after denying his offerings?

as our president uses to say, we live in the BEST country in the whole world, where education, health, wealth, public transportation, energy distribution, sewage treatment, etc. are well resolved issues. the country's welfare is equally distributed among many of our happy dispossessed countrymen, as you remind us. in fact these fourty fellows would have no reason to leave such a nice place as ours, almost utopia, to risk life in the grounds of satan.

in another well known alien caribbean island, an unsuccessful escape from their paradise is always followed by a summary execution for treason. considering the fact that, in that island, all they have is rationing coupons, and that here we practically live in paradise fallen on earth, should execution also be considered for these ungrateful fellows as it would in that so-beloved island?

BagliBlog disse...

Pat,

Boa noite.

Adorei sua vistia. Não ligo para os coitados - macacos cegos, surdos e mudos - que sofrem de autismo e sociopatia aguda, já que esta é uma cina de todo tirano marxista.

Desde quando estou falando em conspiração, hein? Meu barato, é humor. Não sei onde esta criatura viu conspiração. rs...

Esta RAÇA é incapaz de ver quem eram os companheiros de Joseph Dircebbels e Estela Roussef; assim como, os grupos terroristas aos quais eles lutavam armados até os dentes, caralho!

Me aguarde, pois lhe dou de primeira mão:

"Relíquias autobiográficas - VI: Involução cultural, O grande salto para trás", por Alemão, o repórter.

Aguarde..., pois já está em andamento.

Quando ao banner, apenas coloque o cursor em cima, salve, depois introdução ele como um elemento no seu blog. Só isso.

Beijão,

Costajr disse...

Por alguma razão misteriosa que minha incompetência não resolve e minha inteligência tísica não entende, alguns comentários seus não foram publicados.

Não se zangue por favor, descobri agora esse problema. O cattellius também foi vítima desse mistério.

Suzy Tude disse...

Patrícia, esses 40 deviam ser pessoas que não queriam depender de bolsa-esmola, talvez quisessem a dignidade que o trabalho proporciona mas que aqui não se encontra, a não ser com aquele QI especial...de Quem Indica, claro.
Muito estudo, né amiga? Mas vale à pena.
Se cuida
Beijos

Blogildo disse...

Eram 41! Mas eu fugi bem na hora que o pessoa da imigração apareceu! Ufa!

Você acha que essas minhas férias foram o quê?

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Pior que aqui na roça já tem funcionário pedindo para trabalhar sem carteira assinada para que possa ser atendido pelo bolsa-esmola.

JÚLIO SILVA CUNHA disse...

Quando é fazes uma visita ao meu blogue? Tenho saudades dos teus comentários!
J.
:(